A imagem que ilustra essa postagem é uma seleção das nove fotos mais curtidas no Instagram (@impressoesdemaria), de acordo com o site Best Nine. Repetindo o discurso que fiz no Twitter, as fotos que aparecem meu rosto têm mais curtidas e achei muito sintomático que esse ano eu tenha passado a ver mais beleza em mim, tenha lidado melhor com meu cabelo natural e percebido que é a Literatura Negra que faz meu coração pulsar mais forte e sinta a certeza de que quero divulgá-la sempre. Então em 2018 continuará havendo muito literatura negra por aqui.
Na retrospectiva do ano passado tinha colocado como meta para esse ano fazer um recorte maior de gênero, raça e nacionalidade. Termino o ano muito satisfeita com minhas leituras, principalmente porque li mais mulheres e mais negros. Por meio dos livros visitei a Nigéria, o Senegal, a China, Camarões, Colômbia, Angola, dentre outros países mais lidos.
Estão linkados os títulos que possuem resenha aqui no blog.

1- “Mentirosos”- E.Lockhart
9- “Estrelas além do tempo”- Margot Lee Shetterly
12- “Tudo e todas as coisas”- Nicola Yoon
14- “A Moreninha”- Joaquim Manuel Macedo
16- “Preto e branco”- Marco Frenette
18- “Diva”- José de Alencar
19- “Aqui estão os sonhadores”- Imbolo Mbue
20- “Tinderela”- R. M. Cordeiro
21- “Entre estantes”- Olívia Pilar (Conto)
22- “História da Menina Perdida”- Elena Ferrante
25- “História da menina perdida- Elena Ferrante
26- “Perdida”- Carina Rissi
27- “Outros jeitos de usar a boca”- Rupi Kaur
28- “A Mão e a Luva”- Machado de Assis
30- “A Escrava Isaura”- Bernardo Guimarães
33- “Tempo ao tempo”- Olívia Pilar (Conto)
35- “Reza de mãe”- Allan da Rosa
36- “Cien Años de Soledad- Gabriel García Márquez
37- “Mundos Paralelos”- Vários autores
39- “Son de Mar”- Manuel Vicent
41- “Sou fã! E agora?”- Frini Georgakopoulos
43- “São Diabo”- Manfredo Kempff
45- “ Sociedade da Caveira de Cristal”- Andrea del Fuego
49- “Compre-me o céu”- Xiran
50- “Ópera do Malandro”- Chico Buarque
54-“Assim na Terra Como Embaixo da Terra”- Ana Paula Maia
55- “O Ceifador”- Neal Shusterman
57- “Kindred”- Octavia E. Butler
60- “Louco amor de fã”- Sheila Lima Wing
61- "Teoria geral do esquecimento"- José Eduardo Agualusa
62- "Mulheres, Raça e Classe"- Angela Davis

Veja também minha lista de livros lidos nos anos anteriores:

3 Comentários

  1. Mulher, vc arrasou nas leituras! Muitos estão na minha lista: O vendido, Esse cabelo, Kindred.
    Boas leituras em 2018!
    Bjão
    www.jeniffergeraldine.com

    ResponderExcluir
  2. É isso, né, Maria?! A vida e seus processos.
    Muito respeito por você, sempre! E que em 2018 você tenha boas histórias, não só entre os livros mas também nas suas experiências. (:

    Aline

    ResponderExcluir
  3. María que buena decisión aceptar tu belleza, sin dudas si estás bien contigo los demás te vemos distintos. Yo me propuse para este año leer a más mujeres como lo hice el año pasado y a más latinoamericanos.
    Beijos

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita e pelo comentário :)
Se você for blogueiro, retribuirei a visita assim que possível.