Os personagens principais deste livro são adolescentes, que estão no ensino médio e moram em uma cidadezinha do interior.
Matheus, reservado, sempre preferiu ficar na sua e não frequentar as festas da escola, mas isso muda quando sua melhor amiga Beatriz o convida para lhe fazer companhia na festa junina. Ele vai, mais motivado pelo sentimento que nutre pela garota do que pela vontade de ir na festa em si. As coisas saem um pouco de seu controle quando, depois da festa, ele e Beatriz, resolvem ir para a casa da namorada de uma amigo deles, a fim dela realizar um ritual para descobrir o futuro de Beatriz. Depois dessa noite, com as supostas revelações, a garota coloca na cabeça que ela tem que ir atrás de seu destino que é ir encontrar em São Paulo um youtuber famoso chamado Garoto Diferente, que fala sobre sentimentos em seu canal e  ídolo de muitas adolescentes. Mas como ela só tem dezessete anos e seus pais jamais autorizariam tal viagem, ela resolve fugir, mas não sozinha. Ela chama Matheus para irem juntos. O garoto, a princípio, tem um pouco mais de juízo do que a amiga e recusa o convite, mas depois de um desentendimento com os pais, resolve acompanhar Beatriz na fuga para a cidade grande.

"A barreira que construí á minha volta era alta demais para que os outros fossem capaz de escalá-la". (p.32)

Eles passam por poucas e boas até chegarem ao seu destino final, desde o ônibus de viagem quebrar no meio do caminho, pegarem carona com um homem mal-intencionado a finalmente encontrarem um grupo de drag queens que também estavam indo para SP e aceitaram dar carona para os fugitivos.
No entanto, quando chega em São Paulo, Beatriz descobre que o principal motivo que a levou para lá, encontrar pessoalmente com o Garoto Diferente, não vai poder ser posto em prática porque o menino sumiu misteriosamente junto com outras pessoas que gravavam vídeos para a internet e tudo aponta que eles estão sendo mantidos presos como reféns.

Além disso tudo, ao longo da narrativa o leitor percebe que a família de Matheus esconde um grande segredo e fica atento para todas as dicas que ele dá do que pode ter acontecido, mas esse segredo só é revelado faltando menos de cem páginas para o final, que é quando também há uma injeção de suspense na história. Antes disso, eu só conseguia pensar no quanto os protagonistas estavam sendo inconsequentes e no quanto o Matheus e a Beatriz eram um casal de amigos bem clichê, daqueles em que uma das partes é apaixonada pela outra mas não tem coragem de falar para não estragar a amizade. No caso, o Matheus que é o apaixonado da história, e enquanto lida com seus sentimentos em relação a amiga, tenta não pensar na sua família para que as lembranças ruins não permeiem seus pensamentos. 
"Nas grandes cidades, as estrelas não estão presentes no céu, mas sim ligadas à terra (...). cara luz acessa que você enxerga daqui de cima pode ser considerada uma estrela e, ao mesmo tempo, uma pessoa que com certeza tem mas vida do que qualquer astro celeste presente no espaço". (p.190)
Por causa da forma inconsequente de agir dos personagens, do clichê do sentimento entre dois amigos, algumas outras coisas serem inseridas de forma quase que aleatória no livro, tudo isso regado a muitas descrições desnecessárias e excessivas, eu não não estava gostando da leitura, mas quando chegou próximo do final e o suspense foi se intensificando, confesso que tive que conter alguns ímpetos de ansiedade e de tacar o livro na parede porque a parte reveladora não chegava logo, justamente porque o autor descreve tudo nos mínimos detalhes ao invés de ir direto ao ponto.
Confesso também que não consegui conter as lágrimas, porque o final é realmente muito bonitinho e inspirador, apesar de tudo.

O livro também aborda questões relacionadas a pessoas que gostam de outras do mesmo sexo, mas têm receio de se "assumirem" por medo do julgamento alheio, seja da família ou amigos e o que a busca excessiva e desenfreada por fama pode provocar.

Se interessou pelo livro? Compre aqui.

32 Comentários

  1. Oi Ma
    Todo mundo fala desse livro e me interessei. Gosto de livros clichês com final surpreendente, principalmente se for bem escrito.
    Beijos

    Vidas em Preto e Branco

    ResponderExcluir
  2. Oiii
    Sempre vejo blogs falando bem desse livro e de verdade achei ele bem cliché. Não tenho vontade de fazer essa leitura, por que no momento estou fugindo desses assuntos porque cansei.
    Passo a dica mas a resenha esta bem legal
    Beijuh

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Renata.
      Eu te entendo, eu te entendo. Estava pensando a mesma coisa antes de ler.
      Abraços.

      Excluir
  3. Eu não me interesso muito por essas histórias de adolescentes, elas me soam a muita futilidade, problemas criados onde não existem, dramas de meninos mimados, nada que se possa aproveitar. Mas, veja, esta não é uma critica contra a sua resenha não, ela ficou muito boa, é só que já tem livro de mais sobre histórias adolescentes e elas nunca me agradam. Seu Blog está show de bola, você escreve muito bem. Meus parabéns, de verdade. Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode ficar tranquila, Adriana.
      Entendo seu posto de vista e sei que não é uma crítica à resenha em si, mas sim ao conteúdo do livro.
      Obrigada pela visita e pelo comentário.
      Abraços.

      Excluir
  4. Oi Maria, como você está?

    Essa sua resenha me deixou curiosa, viu?

    Confesso que nunca tinha lido nada a respeito do livro, mas além da capa ser linda confesso que a história em si chamou minha atenção! Fiquei curiosa pra saber qual é o segredo da família dele e o que eles vão encontrar no caminho dessa "aventura".

    Gostei da resenha, parabéns! ;)

    Beijos! ;*
    ❤ Letras Eternas

    ResponderExcluir
  5. Gente, que história legal! Adorei o jeito que falou do livro, não gosto muito de clichês, mas me bateu uma curiosidade... Principalmente de saber o segredo da família do Matheus.

    ResponderExcluir
  6. Olá, Maria. Tudo bem?
    Já havia ouvido falar de "Traços", mas nunca parado para ler ou assistir uma resenha. Gostei bastante da sua resenha, ela me fez ver o livro com outros olhos. Afinal, eu pensava se tratar de uma história bem genérica, mas pelo que disse tem alguns elementos que surpreende.

    Até mais. http://realidadecaotica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. nossa que capa fantastica, como nao conhecia este livro hahaa, vivo indo em livrarias e nunca me deparei com este titulo, gostei da tematica. dica anotada pela resenha pude ver que irei adorar saber do cotidiano deste adolescentes

    ResponderExcluir
  8. Achei muito interessante! Vou ler!

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    Apesar de ser uma história clichê como vários livros adolescentes são, me interessei pelo livro. A história é legal até, acho que vale a pena a leitura. Dica anotada!
    E amei sua resenha! Ficou incrível e muito bem escrita.
    Parabéns pelo blog, estou seguindo para acompanhá-lo mais vezes.

    Beijo, beijos
    relicariodehistoriasma.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Oi, Maria!
    Quero ler esse livro há tempos. Não sou fã do Eduardo, mas de vez em quando acompanho os vídeos dele e fiquei bem curiosa com o livro.
    Muitos sentimentos conflites esse livro. Acho que eu iria ter basicamente a mesma reação que você.
    Já leu "Azeitona"? Acho que esses dois livros estão no mesmo patamar em relação a cenas desnecessárias e clichês demais, além da imaturidade extrema. Ainda assim quero ler "Traços" e ver se gosto.
    Beijão!
    http://www.lagarota.com.br/
    http://www.asmeninasqueleemlivros.com/

    ResponderExcluir
  11. Oi, flor.
    Eu não pretendo ler esse livro, porque não é a primeira resenha que destaca essas fragilidades. Que pena que o autor é detalhista demais em momentos desnecessários e que, infelizmente, o livro apresenta tantos clichês reunidos... Não teria paciência para ler algo que somente no final começa a ficar realmente envolvente. :/ Parabéns por sua resenha tão sensível ao apresentar tais fragilidades.

    Beijos!
    http://www.myqueenside.com.br

    ResponderExcluir
  12. Oie! Tudo bem?
    Eu gosto de um bom drama adolescente, mas bem escrito, sem detalhes excessivos e obvio o mais importante: SEM DRAMAS DESNECESSÁRIOS, eu já li uma resenha desse livro e ela foi positiva, todavia não sei se a leria, acredito que para o tipo de livro o autor poderia ter criado uma história muito boa, dentro dos clichês, mas aparentemente não sou fazer isso! Mas de qualquer forma, curti bastante sua resenha e opinião!
    Bjss

    ResponderExcluir
  13. Vejo alguns videos do Eduardo e sempre me bate a curiosidade sobre esse livro,parece ser um tanto clichê,mas não me parece ser ruim,talvez uma hora eu o leia e mate a curiosidade.

    ResponderExcluir
  14. Eu gosto de detalhes, mas não de tantos detalhes assim como o o autor resolveu trazer nesta obra. Acredito que isso deixou a leitura bem chata e arrastada, eu não teria essa sua mesma paciência e tinha sim jogado o livro na parede. Apesar do enredo ser até interessante, por estes pontos prefiro não me arriscar.

    ResponderExcluir
  15. Sempre leio resenhas positivas desse livro e sempre aumenta minha curiosidade pra lê-lo, ainda mais abordando temas importantes!
    Assim que tiver a oportunidade, pretendo ler e me emocionar também!

    Virando Amor

    ResponderExcluir
  16. Nossa!
    Quanta coisa em um só livro! (risos)
    Quando penso que o livro vai focar em uma coisa, ele pula pra outra, e depois mais outra. É realmente aleatório. A premissa me pareceu bem louquinha, realmente dois jovens inconsequentes, se jogando no mundo por motivos não muito inspiradores para ler. Não senti uma "conexão" com a história. Repetindo, parece realmente bem aleatório, como se o autor quisesse jogar uma coisa, e depois pensou em outra, e foi enfiando na história para dar algum "clima".
    Mas obrigada pela dica! Beijos :*

    ResponderExcluir
  17. Oieee...
    Ameeei a delicadeza dessa capa... Com certeza me chamaria a atenção em uma livraria...
    A história parece ser bastante criativa, cheia de momentos estranhos e mistérios a serem resolvidos...
    Porém, pelo que você relata, a escrita do autor me pareceu um pouco cansativa e morosa....
    Espero que você tenha gostado, no final das contas...
    Um beijo!!

    www.asmeninasqueleemlivros.com

    ResponderExcluir
  18. Oi, Maria!
    Primeira resenha que leio desse livro, mas ele não despertou meu interesse. Não gosto quando as narrativas são muito descritivas ou quando os autores não desenvolvem a trama bem. Acho que é uma leitura não faria imediatamente.

    Beijos,

    Rafa [ blog - Fascinada por Histórias]

    ResponderExcluir
  19. Oiee, apesar de vira e mexe eu ver esse livros em vários blogs, não senti vontade de ler, infelizmente não foi algo que me chamou atenção! mas obrigada pela dica!

    Bjs Jany

    www.leituraentreamigas.com.br

    ResponderExcluir
  20. Oi.

    Já tinha visto o livro antes e tinha ficado bem interessada nele. Até hoje ainda conheço pouco da obra, mas conforme vou conhecendo mais - como agora - fico cada vez com mais vontade de ler.

    ResponderExcluir
  21. Oi, tudo bem?
    Eu já li alguns comentários sobre esse livro, mas confesso que não tenho lá muita curiosidade, sabe? A premissa até que é bacana, mas lendo sua resenha vi alguns pontos que não me agradariam muito e que acabaram me desanimando, como o fato do autor descrever tudo nos mínimos detalhes, eu prefiro que seja direto ao ponto.

    beijos :*

    ResponderExcluir
  22. Olá,
    Já vi algumas resenhas da obra e confesso que não me sinto muito tentada em fazer a leitura, principalmente por saber que é demasiado descritiva a narrativa do autor.
    Porém, suas considerações sobre os temas abordados e também ao desfecho me deixaram levemente intrigada de forma que estou repensando se faço a leitura ou não.

    LEITURA DESCONTROLADA

    ResponderExcluir
  23. Oi, tudo bem?
    Eu estava bem curiosa para ler esse livro, mas, depois de ver algumas críticas negativas, eu desanimei um pouco.
    Agora sua resenha já me deixou curiosa de novo. Apesar dos pontos negativos que você apontou, me interessei ao saber que o suspense aumenta mais para o fim do livro e que o final é bonitinho.
    Apesar das ressalvas, acho que darei uma chance pra esse livro.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  24. Oi, Maria!
    Fiquei visivelmente interessada em conferir esse livro logo que foi lançado, justamente por ser do Eduardo e por ser legal isso de migrar do youtube para os livros também, mas algumas resenhas negativas que li desde então me deixam com um grande pé atrás com a história. Todos esses elementos unidos de uma vez só, começando com uma fuga inconsequente de adolescentes para ir parar em um grande segredo de família e um sequestro de youtubers assim de repente? É, não sei se eu iria gostar, ainda mais você citando o quão detalhado o autor é em alguns momentos, mas quem sabe ele não melhore em um próximo livro? De qualquer forma, que bom que o final conseguiu te agradar e mesmo emocionar, ao mesmo isso, rs.
    Beijos!

    ♥ Sâmmy ♥
    ♥ SammySacional.blogspot.com.br ♥

    ResponderExcluir
  25. Oi, menina.
    Você citou coisas que me fazem correr de uma obra, descrições excessivas, típica de quem faz escrita criativa, nada contra, mas prefiro a não mecanização da criatividade. Você também cita o lado clichê, que me deu a impressão de um livro adolescente e informações aleatórias, para quando chegar ao final do livro, se interessar. E o seu apesar de tudo, foi ótimo. gostei de sua resenha, crítica, direta, enxuta, perfeita. Eu não sou o público alvo do livro.

    ResponderExcluir
  26. A história parece ser bem legal, embora não faça muito meu gênero de leitura.
    o final da história parece ser bem previsível.
    Mas sua resenha está ótima!
    Sem enrolação! Parabéns!!

    #Ana
    https://literakaos.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  27. Oiii, tudo bem?
    Gente, eu só sabia até a parte da viagem. Desaparecimento? Segredo de família? Achei um pouco demais e imagino o que quis dizer com coisas sendo jogadas do nada.
    Eu também detesto descrições excessivas, além de elementos clichês, então passaria longe...
    O que é uma pena, porque fiquei bem animada quando esse livro saiu e, apesar de não ser meu gênero favorito, pensava em ler algum dia, mas agora tirei isso da mente hahaha.



    ourbravenewblog.weebly.com
    Participe do nosso TOP COMENTARISTA valendo um livro JANTAR SECRETO, do autor Raphael Montes :)

    ResponderExcluir
  28. Olá! Tudo bom?
    Sempre leio resenha desse livro, mas ainda não tive oportunidade de ler. Adoro tramas com adolescentes, ainda mais quando possui alguns assuntos mais sérios. Pena saber de descrições desnecessárias, odeio isso em uma leitura, mas acho que dá para relevar, pois a trama parece bem envolvente.
    beijos

    ResponderExcluir
  29. Olá! Adorei a sua resenha! Curto livros com doses de drama e esse suspense no final realmente tem tudo pra ser legal. Apesar de sua vontade de tacar o livro na parede, se o final provocou lágrimas valeu a espera. Vou procurar para ler.
    Beijos.
    Karla Samira
    http://pacoteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  30. Pela forma como você escreveu sua resenha, confesso que não sei se teria forças para seguir com a história ou não jogar o livro na parede...rs
    Me pareceu interessante a ideia, a premissa e até alguns assuntos abordados, mas acho que focar na irresponsabilidade dos dois por tanto tempo e descrever tanto as coisas me fariam desistir... Não sei, foi a impressão que tive, mas quem sabe arriscando a leitura sinta diferente?
    Beijinhos,
    Lica

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita e pelo comentário :)
Se você for blogueiro, retribuirei a visita assim que possível.