Este é o novo livro da autora Thati Machado e é um spin-off de "Com outros olhos" (já resenhado aqui).
Com uma narrativa em primeira pessoa, o livro começa com Leo relatando sua dificuldade em levantar da cama para ir para a faculdade em um dia especialmente chuvoso, quando sua vontade é ficar debaixo das cobertas, acompanhado de pipoca, chocolate e alguma série. Depois que finalmente consegue se arrumar e enquanto espera na mesa da cozinha pelo almoço, relembra o dia em que falou para sua família sobre ser gay e de como se surpreendeu com a imediata aceitação deles. Após isso, vai para a faculdade e no caminho passa pela casa de Davi para dar carona.

Davi é o namorado de Leo, mas poucas pessoas sabem do relacionamento deles, uma vez que o primeiro ainda não se revelou para os pais e ainda não se sente seguro o bastante para fazê-lo porque seus pais são religiosos e certamente não aceitariam bem.
Os dois vão para um acampamento juntos. Irão passar três noites fora com mais alguns amigos. Inicialmente, ocorreu tudo bem, até que uma pessoa do passado de Davi reaparece e balança as estruturas do relacionamento dele. Além disso, Davi vai ter que encarar seu passado e lidar com o presente de uma forma que ainda não estava preparado, mas não teve outra alternativa.
"Não há nada pior do que não poder fazer nada quando vemos alguém que amamos sofrendo."
Apesar de respeitar o tempo de Davi, a ida para o acampamento foi a forma que Leo encontrou para tentar fazê-lo perceber que não dava mais para continuarem escondendo o relacionamento deles, agindo como se fossem só colegas de faculdade. Queria mostrar o quanto estavam perdendo com isso e o quanto poderiam ser mais felizes. Em suma, uma viagem para oficializar de vez o namoro dos dois.

Gostei da forma como a narrativa é feita: acompanhamos o presente e por meio de lembranças sabemos do passado, o que faz com que tenhamos uma visão mais clara do tempo atual da narrativa. Outro ponto positivo é que o livro cita músicas do Ed Sheeran que são perfeitas para o contexto.
Quanto ao título, só o entendemos no final. Não vou contar o que significa, mas posso adiantar que é algo muito bonito e comovente.
"Um dias as coisas são de um jeito, mas não há nenhuma garantia de que elas permanecerão assim. Estamos constantemente suscetíveis a mudanças e sem saber se elas virão para bem ou para mal."
Por ser um spin-off de "Com outros olhos", naturalmente há personagens comuns aos dois livros. No primeiro livro, a personagem principal é Lana e em "Contando estrelas", o personagem principal é Leo, irmão de Lana. Há também os pais deles e Arthur, o namorado de Lana. O livro pode ser lido de modo independente, sem precisar ler "Com outros olhos" previamente. Mas indico que leiam porque em alguns momentos a leitura faz mais sentido se tiverem lido o primeiro livro previamente.

Mais uma vez, Thati Machado é bem-sucedida em nos apresentar um livro com um tema atual e por vezes ainda tabu na sociedade. Apresenta as dificuldades de um relacionamento homoafetivo, como o medo da reação familiar e desconstrói a expressão "se assumir gay". Ser gay não é crime, logo, não é preciso assumir nada. Quem é hétero não precisa "se assumir" e é dessa naturalidade na aceitação de sua sexualidade que os gays precisam.
É uma leitura leve, engraçada e rápida, mas que promove uma reflexão bem densa. Indico muito a leitura.
"Não parece extremamente injusto termos de esconder um sentimento tão lindo quanto o amor pelo fato de que algumas pessoas simplesmente não conseguem aceitá-lo?"
Se você gostou do livro, pode adquirir a versão impressa no site da autora, ouvir o áudio-book pelo Ubook ou adquirir o e-book:



Compre também:

25 Comentários

  1. APAIXONADA POR ESSA RESENHA MARAVILHOSA <3
    OBRIGADA, MARIAAA <3

    ResponderExcluir
  2. Oie...
    Adorei sua resenha!!!
    Não conhecia a obra, mas, já estou louca para ler... Tenho certeza que irei gostar.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Olá
    achei essa capa maravilhosa, e não sei como ainda não tinha ouvido falar da história e nem da autora. A premissa parece ser bem instigante, além da temática ser mesmo bem atual, e eu adoraria poder conferir logo. Obrigada pela indicação!
    Beijos, F

    ResponderExcluir
  4. Gostei muito da sua conclusão, sobre a questão de se assumir gay. Realmente, quem é hétero não passa pelo desgaste de mostrar para o mundo quem ele sempre foi...
    Quero muito ler este livro e acredito que eu vá me encantar.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Olá!! :)

    Eu não conhecia este livro mas ainda bem que te agradou fazer esta leitura! :) Fiquei algo curioso...

    Contudo, não faz muito o meu tipo de leitura neste momento. Mas acho ótimo que seja leve e divertido, com um tema atual! :)

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  6. Olá,

    Eu não conhecia a obra anterior e fiquei bem curioso em saber um pouco mais sobre ele, vou fazer a leitura da sua resenha. Eu estou começando a aprender ler e-book agora, antes eu não conseguia me adaptar, acho que darei uma chance para essa história, até porque, ela chamou muito a minha atenção, adorei a dica! ♥

    → desencaixados.com

    ResponderExcluir
  7. Olá!!!
    Ainda não conhecia a autora nem suas obras...
    Então, confesso que não curto muito leituras com a temática (longe de mim ser por preconceito, pois tenho contato com vários homossexuais), porque não é algo que me instiga mesmo. Já tentei outras leituras e não engrenei com os demais. Enfim, que bom foi um livro surpreendente e te levou a fazer uma resenha tão apaixonada. Parabéns pela resenha e por defender seu ponto de vista!
    Bjs até mais!

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Oi, tudo bem?
    Não conhecia a obra, mas me chamou bastante a atenção. Achei bem interessante a questão do personagem assumir sua sexualidade, porém, não costumo ler e-books... acho que vai ficar pra quando eu comprar um e-reader, haha.
    Bjos
    http://oxenteleitora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oi. :)
    Li uma resenha sobre esse livro, e fiquei bem interessada.
    Sua resenha ficou ótima e só me deixou ainda mais curiosa. Pretendo ler sim!
    Gosto de temas que precisam ser abordados como bullying, violência domestica, preconceito seja ele de cor ou sexo.
    Obrigado pela visita no Blog As Meninas Que Lêem Livros.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  10. Oi, tudo bom?
    Não conhecia essa obra, adorei! É muito difícil encontrar obras que retratem os desafios do relacionamento homoafetivo. Adorei mesmo a idéia, parece tratar com uma delicadeza o assunto. Parabéns pela resenha!

    ResponderExcluir
  11. Oiii, Maria, tudo bem?
    Adorei sua resenha =D
    Já li com outros olhos e amei, então claro que fiquei curiosa para conhecer essa história também. Além do mais, o irmão da Lana é tão querido que ele merecia uma história só dele :)
    Beijoooos
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Ainda não li esse nem Com outros olhos, mas conhecendo a escrita da Thati, imagino quão incrível deve ser essa história!
    Adoro que ela sempre aborda assuntos atuais e considerados tabus com tanta sensibilidade e que nos fazem refletir.
    Ainda não tive a oportunidade de ler, mas espero poder em breve!

    Virando Amor

    ResponderExcluir
  13. Oi, gostei de sua resenha! Parabéns! Principalmente gostei disso sobre ser gay não é crime. Nunca tinha parado para pensar nisso, mas você me fez abrir os olhos pra a semântica da palavra. Gostei da temática do livro e de ele abordar temas atuais de uma forma bem reflexiva. Quero poder ter a chance de ler o livro futuramente. Esse livro me lembrou de outros que li, e gosto muito dessa temática de YA.

    www.porredelivros.com

    ResponderExcluir
  14. Oi Maria, como está?
    Não conhecia esse livro da Thati Machado, mas tinha ouvido falar de um outro, chamado "Poder Extra G" (posso ter feito confusão com o título), conheces?
    Achei a premissa desse muito interessante e com certeza a autora colocou um ponto bem interessante: ninguém precisa assumir que é gay. Deveria ser considerado tão normal quanto ser hétero.
    Abraços e beijos da Lady Trotsky...
    http://rillismo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Oi, Maria

    Li apenas um conto da Thati e curti bastante. Não sabia desse novo livro e achei muito interessante. Abordar a representatividade sempre será enriquecedor. Nunca li nenhum livro com temática LGBT, tenho que começar. Que bom que você gostou.

    Beijos

    ResponderExcluir
  16. Oiii tudo bem??

    Já tinha visto esse livro, mas não tinha tido interesse de parar para ler, e agora apos sua resenha achei bem interessante!
    Adoro quando trás temas que deixam muitos desconfortáveis, pois acredito que precisamos falar sobre isso sim! Afinal toda forma de amor vale a pena.
    Bjus Rafa

    ResponderExcluir
  17. Olá, tudo bem?
    Ainda não li nada dessa autora, mas fiquei bastante curiosa para saber mais sobre os livros dela. Gostei bastante da premissa desse livro e sua resenha conseguiu despertar meu interesse. No entanto, como este é um spin-off, vou seguir seu conselho e ler o outro primeiro.
    Adorei a resenha e espero ler os dois livros em breve.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  18. Olá Maria!
    Ainda não conhecia nenhuma obra dessa autora, mas gostei de ela abordar um tema tabu e fazer isso muito bem. Também gostei muito de ela mostrar que ser gay não é crime, pois, afinal, é a mais pura verdade.
    Espero ter a oportunidade de ler esse livro.
    Beijos

    ResponderExcluir
  19. Acho importante tratar essa temática LGBT, hoje em dia tem sido mais falada, principalmente na literatura, essa representatividade é muito bacana, a capa e a sinopse de fato me chamou a atenção, é uma leitura que irei considerar.

    ResponderExcluir
  20. Olá, tudo bom?
    Fiquei bem interessada em conhecer o livro, principalmente pela temática LGBT abordada. Representatividade é importante e quais mais melhor! Gostei dos conflitos pelos quais os personagens passam e pela realidade diferente deles em relação a família. Enfim! Quero ler esse livro e conhecer um pouco mais esta história e a forma como a autora desenvolveu esse relacionamento, quebrando tabus.
    Adorei a resenha!

    Beijos!!

    ResponderExcluir
  21. AAAAA adorei a forma que você falou sobre se "assumir" gay. Realmente né? Não tem que assumir nada, é natural, meu Deus...
    Eu adorei a história do livro. Foge bastante do que eu tenho lido ultimamente, mas para ver uma realidade diferente da minha, eu acho que seria interessante ler.

    ResponderExcluir
  22. Oiii!!!
    Não conhecia o primeiro livro e nem a spinn-off. Achei um tema bem recente e interessante de se ler. Quantos jovens não devem estar com os problemas que Davi está passando. Deve ser bem dificil, ainda mais quando os pais são religiosos demais. Já vi acontecer isso na vida real, mas não da para ficar escondendo algo que não é crime nenhum, muito pelo contrário. Gostei bastante, estava precisando de indicações de livros desse gênero.
    Beijos

    ResponderExcluir
  23. Oi, tudo bem?
    QUE RESENHA É ESSA, ADOREI! <3 Gosto de livros com esta temática e confesso até para você que li poucos sobre relacionamentos assim, infelizmente casais LGBT deveriam estar mais presentes na literatura, nossa realmente reparei que são poucos que apresentam :( Acho que agora a sociedade está evoluindo mais e mostrando um pouco, mas eu ainda quero mais! Bom, eu tenho enorme curiosidade para conhecer a escrita da Thati então claro, não irei deixar essa dica passar :)

    Beijos,
    Lu | http://justificou.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  24. Oi, Maria!
    Não conhecia o livro, mas depois de sua resenha quero ler! Não são tantas histórias sobre o tema que encontramos, mas que deveria ser mais abordado na literatura. Gostei da trama e fiquei curiosa para conhecer a escrita da autora. Dica anotada!

    Beijos,

    Rafa [ blog - Fascinada por Histórias]

    ResponderExcluir
  25. Oiee Maria ^^
    Acho que ainda não conhecia esse spin-off, e nem mesmo o "Com outros olhos" *-* mas fiquei curiosa para ler os dois, pois adoro histórias com personagens LGBT ♥ não sei por que, mas eles me cativam e me chamam mais a atenção...hehe'
    Fico feliz em saber que gostou tanto da leitura, e que é engraçada também...haha' adoro ♥
    MilkMilks ♥
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita e pelo comentário :)
Se você for blogueiro, retribuirei a visita assim que possível.