Jarid Arraes: entrevista + lançamento

julho 14, 2019


Por Lorena Ribeiro
A grande escritora cearense Jarid Arraes estará lançando o seu quarto livro, primeira publicação autoral de contos, pela editora Alfaguara, no dia 18 de julho de 2019 em São Paulo. Redemoinho em dia quente é dividido em duas partes: “Sala das Candeias” e “Espada no coração”, e reúne narrativas sobre mulheres brasileiras que não se encaixam em padrões. A autora se inspirou em mulheres do Cariri, sua terra natal, no Ceará.

Fiz algumas perguntas à autora, e as respostas, com certeza, te deixarão com um gostinho a mais para ler essa obra linda.
Qual característica do seu novo livro mais te apaixonou? Acredito que haja muita afetividade nesse novo projeto, por ter inspiração em sua terra natal.

Jarid: O que mais me apaixona no "Redemoinho em dia quente" é que ele é um livro sobre afeto, realmente. Afeto pode ser de qualquer tipo. Carinho, claro, mas também revolta, rejeição. Há personagens muito felizes por estarem onde estão, mas há personagens que estão sofrendo ou que estão subvertendo tudo, até mesmo dentro de suas vidas felizes com as tradições. É também um livro que mostra minha ligação com o Cariri, que tem meu olhar, meu olhar inegável. Digo que a mulher que sou hoje é resultado também da menina caririense que fui. Porque cresci lá, vi todas as coisas que vi, aprendi, não entendi, absorvi. Minha relação com o Cariri é assim complexa e emaranhada, porque o Cariri é minha raiz. E a gente não arranca a raiz, senão morre, né? Então esse livro é uma declaração de afetos lindos, conturbados, de abraços e também de afetos que desejam mover coisas.

E qual aspecto/conto você acredita que vá arrebatar os corações dos seus leitores?

Jarid: Penso que os leitores podem gostar de conhecer o Cariri e o sertão sem estereótipos, sem aquela coisa do chão rachado com o esqueleto da vaca ao lado. Um sertão urbanizado, com mulheres diversas, com personagens que infelizmente nem sempre encontramos nos livros. Também escrevi um conto em que coloquei um cordel, com as estrofes e tudo, e brinquei bastante com as formas de narrativa, diálogos. Eu me diverti experimentando, colocando para cada personagem um ritmo e uma voz que se encaixasse com sua personalidade e sua história. Então espero que isso seja percebido. Arrebatar eu não sei, mas espero que seja pelo menos algo curioso.
Eu estou lendo os contos da autora, e gostando muito das experiências!
Para quem for ao lançamento no dia 18 de julho de 2019, no Centro Cultural São Paulo, terá o privilégio de ver uma exposição de fotografias feitas pela autora, além de assistir ao bate-papo dela com o autor Marcelino Freire. E mais: as cinquenta primeiras pessoas que comprarem o livro de lançamento, ganhará um cordel inédito de autoria da Jarid.

Indico demais essa leitura! E digo que: VÁ AO LANÇAMENTO! Promete ser um grande evento!!!!
_____________________________________________
Sobre Lorena Ribeiro
Graduada em Letras Vernáculas pela Universidade do Estado da Bahia (UNEB), mestra em Língua e Cultura pela Universidade Federal da Bahia (UFBA) e doutoranda na mesma instituição. É criadora de conteúdo no Youtube e Instagram, junto com seu companheiro Rafael, no projeto Passos entre Linhas. No canal, o casal bate papos sobre livros, filmes e lugares que gostariam de compartilhar com o público. Pesquisadora na área da Linguística, Lorena segue, com Passos entre Linhas, mantendo acesa sua paixão pela Literatura.

You Might Also Like

1 comentários

  1. Adorei a entrevista!
    Estou contando as horas pra amanhã à noite. Disse a Jarid que, embora a tenha visto na Flip, faria questão de comprar o livro aqui na minha terra :)
    Será um lançamento lindo!

    Um beijo,
    Fernanda Rodrigues | contato@algumasobservacoes.com
    Algumas Observações
    Projeto Escrita Criativa

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário e vamos conversar!

Seguidores GFC

Total de visualizações