Entrevista Yorhán Aráujo + Sorteio

julho 06, 2019


Yorhán Araújo é o criador das tirinhas Devaneios de Sigmund e Freud que é sucesso de público nas redes sociais, recentemente publicado em forma de livro em comemoração aos seus cinco anos de existência.

Entrevistamos o artista, que nos contou um pouco sobre seu processo criativo e a forma como vê o mercado artístico do qual faz parte. Ao final da entrevista, sorteamos um exemplar autografado do livro. 

1) Com que idade e como você começou a desenhar?
Profissionalmente eu comecei com 25 anos, antes disso eu já ilustrava mas nunca quis muito trabalhar com isso, eu gostava como hobby e tinha medo que se o meu hobby virasse profissão, eu deixaria de gostar, mas no fim não aconteceu.

2) Por que você escolheu como personagens quatro animais: um cachorro, um raposo, uma capivara e um gato?
São animais que eu gosto, então, decidi criar os personagens assim, sendo que a Louise, a capivara azul, existe há tanto tempo quanto o Sig e o Freud, ela foi criada no mesmo zine que criei eles, só que em outra história.

3) No final de 2018 seu livro Devaneios: a estrada até aqui, foi publicado em comemoração aos 5 anos de existência do seu projeto. Qual foi a sensação de ter conseguido publicar seu primeiro livro com apoio de seus leitores?
Foi incrível, saber que posso contar com as pessoas que gostam das minhas tirinhas foi algo novo, eu não achava que ia dar certo, é muito bom saber que não estou sozinho nos meus sonhos e até então eu achava que estava!

4) Como você consegue se manter inspirado para desenhar diariamente?
Depois de um tempo eu me acostumei, mas acho que como minhas tirinhas são inspiradas na vida, não só nas minhas como vivências de outras pessoas, acho que isso faz com que eu sempre tenha ideias para novas tirinhas e como disse, quando se faz algo todo dia, o processo vai ficando mais simples, é o segredo para tudo na vida, se você quer melhorar em algo você pratica todos os dias, é algo que aprendi com tempo, ilustrando inclusive, não é dom, é aprendizado!

5) Como você, enquanto artista negro, se vê dentro do ambiente artístico? Você acha que este é um espaço acolhedor e receptivo?
Olha, nem sempre, na maior parte do tempo eu vejo que não tem tantos negros assim nos eventos que participo, ainda parecem cotas e acho que isso poderia mudar se fosse mais falado, mas infelizmente quase ninguém fala abertamente sobre isso e muita gente está confortável por já terem garantido o seu lugar nesses ambientes. Foi muito difícil entrar no meio, porque o meio artístico em si é bem elitista e quem é pobre já não consegue ter acesso a todos os materiais, cursos e ambientes necessários para ser o artista que sonha ser, quem não tem oportunidade tem que ir pelas beiradas e ver os outros conseguindo entrar muito mais facilmente e quando se consegue chegar no nível artístico necessário para estar em certos ambientes não é selecionado, não tem como bancar uma mesa nesses eventos, acho que é impossível pensar em representatividade sem bolsas por exemplo, em um ambiente formado só por quem pode pagar, nunca vai ser muito diverso e muito menos justo. Então, como negro nesse ambiente ainda acho triste como as coisas são, ninguém pensa muito nas dificuldades que os negros passam e em como fazer isso mudar, ainda vejo que as pessoas pensam que se negros pararem de se fazer de coitados, eles vão conseguir alcançar ambientes que certamente conseguiriam se tivessem se esforçado, eu me esforcei e conheço muitos que também e nem por isso estão onde poderiam estar mas a luta continua!

6) Você pode nos contar quais são alguns de seus planos para o futuro?
No momento eu quero focar em uma nova campanha no Catarse para o lançamento de uma nova HQ dos meus personagens, ainda não está nada certo, porque não sei se vai rolar dessa vez. Também quero produzir conteúdo no YouTube e produzir meus próprios eventos, já que não sou chamado para muitos, preciso fazer espaços para que eu e outros que não tem oportunidade, possam participar também. Outro projeto que tenho é fazer ações sociais, aulas gratuitas de desenho e outras coisas que eu consiga fazer para apoiar pessoas que tem o sonho de trabalhar com ilustração, saibam por onde começar, coisa que eu não tive e por isso foi tão difícil, então quero facilitar o caminho para quem eu puder!

Em parceria com o artista, sortearemos um exemplar autografado de seu livro. O sorteio terá duração de 06/07/2019 à 26/07/2019. Para participar basta ter endereço de entrega em território nacional e seguir as regras do formulário abaixo.

a Rafflecopter giveaway
-Entrarei em contato com o ganhador (a) por e-mail e ele (a) terá até 72 horas para responder com seus dados para envio do prêmio. Caso não receba a resposta nesse período, será feito um novo sorteio;
-O prêmio será enviado em até 30 dias uteis após o recebimento dos dados do ganhador (a);
-Não me responsabilizo por extravios, danos causados pelos Correios ou problemas com a entrega. Caso o prêmio retorne, ganhador (a) arcará com o frete para reenvio.

Boa sorte!

You Might Also Like

5 comentários

  1. Maria!
    Confesso que não conhecia o Yorhan e após ler a entrevista, fui pesquisar um pouco sobre as criações dele e fiquei encantada. Achei hilárias e bem escritas, além dos traços simples, porém significativos.
    Achei interessante a forma como ele se inspira nas coisas do dia a dia, nunca faltará assunto para sua histórias.
    Desejo cada vez mais sucesso nos projetos que ele empreender.

    Participo e sairá divulgação no blog.
    Rudynalva Correia Soares
    rudynalva@yahoo.com.br
    cheirinhos
    Rudy
    BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Não conhecia o Yorhán Araújo, mas adorei a entrevista e fiquei imensamente interessada em conhecer um pouco mais do seu trabalho e seu jeito irreverente de escrever e encantar!!
    Participando do Sorteio!!
    lucia_esantos@hotmail.com

    ResponderExcluir
  3. Participando e torcendo para ganhar!!
    Francisca Elizabete
    beti_bezerra@hotmail.com

    ResponderExcluir
  4. Oiii ❤ Participando! ❤
    rayanebonai25@hotmail.com

    ResponderExcluir
  5. Já tinha visto algumas tirinhas pelas redes sociais, mas não sabia quem estava por trás desse trabalho e gostei muito de conhecer um pouco dessa jornada até os dias atuais. Fico feliz, também, por saber que Yorhán é um artista negro, já que é bem difícil encontrarmos negros de destaque nessa área, justamente pelas dificuldades e falta de incentivo que ele descreveu na entrevista. Porém, apesar da falta de representatividade, ter artistas em ascensão como ele já é um grande incentivo para muitos outros negros!
    Quero muito ler o livro dele, parece ser ótimo! Estou participando do sorteio!
    lin-0812@hotmail.com

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita e pelo comentário :)
Se você for blogueiro, retribuirei a visita assim que possível.

Seguidores GFC

Total de visualizações