Véio - a Imaginação da Madeira

abril 30, 2018


Texto de Mayra Guanaes
Em 2013 eu fazia estágio em arte-educação no SESC Belenzinho. Parte do nosso trabalho consistia em receber grupos de escolas para visitarem as exposições de arte daquela unidade. As unidades do SESC São Paulo além de receberem exposições temporárias de arte, possuem um acervo fixo, que são obras que ficam espalhadas pelo espaço.
No SESC Belenzinho uma das obras do acervo fixo era o Véio. Na verdade, Véio é o artista, a obra em si não tinha título, era uma escultura em tronco de árvore com o nome do artista gravado. Era a obra favorita de muitos grupos que eu recebia e pelo diálogo que conseguíamos estabelecer durante o meu trabalho de mediação, tornou-se uma das minhas obras favoritas também.
Fui assistir Antígona no Itaú Cultural e descobri por acaso, uma exposição que tinha lá, só do Véio. Encantadora!

Véio a Imaginação em Madeira 
Véio é um artista sergipano, escultor e diz que quando tem uma árvore caída, ela se comunica com ele dizendo qual forma terá. Todo seu trabalho é feito com madeira ou madeira com tinta acrílica. Na exposição há esculturas de vários formatos, algumas maiores que o público e outras que só são possíveis serem observadas através de uma lupa. As obras estão divididas na exposição em três andares com temáticas diferentes. Vale a pena fazer essa visita com um tempinho para circular entre os três andares e também conferir os vídeos em que o próprio Véio fala sobre sua própria produção artística.

Esta parte me lembrou as tiras Macanudo do cartunista argentino Liniers
Talvez o mais tocante nas obras do Véio seja a forma genuína como ele produz a arte e retrata o sertão brasileiro. O imaginário que temos sobre o sertão está todo ali, talhado na madeira. O artista ganhou esse apelido ainda criança porque gostava de escutar as histórias dos velhos. Vejo muito esse gosto pelas histórias em seu trabalho: cada escultura me parece um personagem com histórias para nos contar.
Embora essa exposição não tenha um direcionamento de público, recomendo para todas as idades, inclusive para as crianças que podem se divertir interpretando as formas das árvores transformadas em escultura pelo Véio.

Visitação
Quinta 15 de março à domingo 13 de maio de 2018
Terça à sexta, das 9h às 20h [permanência até as 20h30]
Sábados, domingos e feriados, das 11h às 20h
pisos 1, -1 e -2
Itaú Cultural – Avenida Paulista, 149 – São Paulo/SP
Fones: 11 21681777
GRÁTIS

You Might Also Like

0 comentários

Obrigada pela visita e pelo comentário :)
Se você for blogueiro, retribuirei a visita assim que possível.

Seguidores GFC

Total de visualizações

Google+