Publicado inicialmente na plataforma de leituras gratuitas, Wattpad, "Mais Leve que o Ar" é a primeira publicação do autor Felipe Sali, pela editora independente, Lote 42.

O livro vai nos fazer conhecer Melissa, uma menina de dezessete anos, que é capaz de conjurar flores e plantas, o que a transforma em uma druida, ser do sexo feminino que possui algum tipo de habilidade, desde que se dedique para o desenvolvimento da mesma. Melissa mora no Reino de Amberlin, com seus pais e suas sete irmãs.

Starr, uma jovem negra de 16 anos, é a personagem principal e narradora em primeira pessoa deste livro. Ela e sua família moram em um bairro do gueto, em Garden Heights, nos Estados Unidos. Desde os 10 anos, estuda em uma escola particular em outro bairro, a Williamson Prep, o que faz com que ela tenha que adotar comportamentos diferentes de acordo com o local em que está. Na escola, em que ela é uma das duas únicas pessoas negras, tem duas amigas brancas, Maya e Hailey. No bairro, tem dois amigos Kenya e Khalil e namora Chris, um garoto branco.

Dia 04/07 estive presente no lançamento do novo selo editorial independente, Arte Sabali Edições, que aconteceu na Blooks Livraria, do shopping Frei Caneca, em São Paulo. 
O selo foi criado pelas irmãs, Élida e Elaneida Reira, duas mulheres negras conscientes de sua posição de gênero e raça e do quanto o mercado editorial é excludente. Com o isso, esse projeto editorial tem como objetivo dar voz àqueles que são silenciados constantemente pelo mercado editorial, que também reproduz lógicas opressoras, uma vez que está inserido em um sistema opressor.

Normalmente, eu faço o levantamento de quantos livros li durante o ano só uma vez, em dezembro, mas esse ano resolvi fazer diferente. Aproveito que estamos no meio do ano para fazer esse levantamento e ver quantos livros li nesse primeiro semestre, para depois comparar com o quanto foi lido no segundo semestre.
Linkei todas as resenhas escritas, caso vocês queiram ler algumas delas.