Este foi um desafio que aconteceu no Instagram entre os dias 13/02 e 20/02, para comemorar o Black History Month ou Mês da História Negra, comemorado nos Estados Unidos para celebrar e relembrar as lutras da população negra nos anos 60. O desafio foi proposto por três mulheres do Instagram: Camilla Dias (@camillaeseuslivros), Camille Moraes (@liecurti) e Maria Fernanda (@_bookhunter) e contou com a participação de muitas pessoas, fazendo com que refletíssemos sobre a presença ou ausência de literatura negra em nossas estantes. 
Foram sete dias recheados de boas indicações. Fiquei com vontade de conferir tudo e pensando nisso, resolvi reunir em um só lugar todos os títulos. Houve alguns títulos repetidos, então optei por colocar em uma só categoria.


1- Livro com protagonista negro
"A vida em espiral"- Abasse Ndione
"A cor púrpura"- Alice Wlaker
"The Wicked + The Divine"- Jamie McKelvie, Matt Wilson e Kieron Gillen (HQ)
"Pequena abelha"- Chris Cleave
"Americanah"- Chimamanda Ngozi Adichie
"Hibisco roxo"- Chimamanda Ngozi Adichie
"Meio sol amarelo"- Chimamanda Ngozi Adichie
Trilogia "As crônicas dos Kane"- Rick Riordan
"Entre 3 mundos"- Lavínia Rocha
"Sem gentileza"- Futhi Nsthingila
"Mar me quer"- Mia Couto
"Preciosa"- Shappire
"A confissão da leoa"- Mia Couto
"Aya de Yopougon"- Marguerite Abouet e Clément Oubrerie (HQ)
"Um defeito de cor"- Ana Maria Gonçalves
"So long a letter"- Mariama Bâ
"Tudo e todas as coisas"- Nicola Yoon
"Vida e época de Michael K"- J. M. Coetzee
"Cartas para a minha mãe"- Teresa Cárdenas
"Seus Olhos viam Deus"-  Zora Neale Husrton

2- Um autor e uma autora negros
Conceição Evaristo
Lawrence Hill
Carolina Maria de Jesus
Kassy Perpetue
Ishmael Beah
Elisa Lucinda
Mel Duarte
Toni Morrison 
Abasse Ndione
Ngũgĩ wa Thiong'o 
Machado de Assis
Milton Santos
Jennyfer Nascimento
Ondjaki
Bianca Santana
Brittainy C. Cherry
Ta-Nehisi Coates.
Lima Barreto
Chimamanda Ngozi Adichie
Abdulai Sila
Léonora Miano
Malorie Blackman
Lavínia Rocha
Brandy Colbert
Sharon M. Draper
Ayaan Hirsi Ali
Paulina Chiziane
Chico Cesár
Uzodinma Iweala
Júlio Emílio Braz

3- Biografia/autobiografia de personalidades negras
"Autobiografia de Malcon-x" (com a colaboração de Alex Haley autor de Negras Raízes
"Marighella, O guerrilheiro que incendiou o mundo"- Mário Magalhães
"Domingos Sodré, Um sacerdote africano"- João José Reis
"Um preço muito alto"- Carl Hart
"American Crime History: o povo contra O. J. Simpson"- Jeffrey Toobin
"Carolina"- Sirlene Barbosa e João Pinheiro
"Autobiografia de Martin Luther King"- Clayborne Carson (Org)
"Xica da Silva, a Cinderela Negra"- Ana Miranda
"Infiel"- Ayaan Hirsi Ali
"Nômade"- Ayaan Hirsi Ali
"Mussum forévis, samba, mé e Trapalhões"- Juliano Barreto
"Os caminhos de Mandela: Lições de vida, amor e coragem"- Richard Stengel
"Mom&Me&Mom"- Maya Angelou
"Feia"- Constance Briscoe 
"Oprah"- Kitty Kelley
“Vejo a Terra Prometida”- Arthur Flowers, Manu Chitrakar e Gugliemo Rossi (HQ)
"Chica da Silva, Romance de uma vida"- Joyce Ribeiro
“O ano em que disse sim”- Shonda Rhimes

4- Livro que aborde escravidão no passado ou racismo na contemporaneidade
"A ilha sob o mar"- Isabel Allende
"O sol é para todos"- Harper Lee
"O negro no mundo dos brancos"- Florestan Fernandes
"A Rainha Ginga"- José Eduardo Agualusa
"A fortaleza da solidão"- Jonathan Lethem
"Contos negreiros"- Marcelino Freire
"Doze anos de escravidão"- Solomon Northup
"A invenção das asas"- Sue Monk Kidd
''Quando me descobri negra"- Bianca santana
"Escravos"- Kangni Alem
"Voltar para casa"- Toni Morrison
"Tempo de matar"- John Grisham
"O ônibus de Rosa"- Fabrizio Silei
"Chica e João"- Nelson Cruz
"Eu sou mais eu!"- Sylvia Orthof
"E o vento levou"- Margaret Mitchell
"Negrinha"- Monteiro Lobato
"Mulheres, Raça e Classe"- Angela Davis
"Bom-Crioulo"- Adolfo Caminha
“Between the world and me -Ta-Nehisi Coates 
"Lies we tell ourselves"- Robin Talley

5- Livro infantil com protagonista negro
"O caderno de rimas do joão"- Lázaro ramos
"Selou&Maia"- Graziela R. S. Costa Pinto, Lara Meana, e María Pascual de La Torre
"Oxumaré: o arco-íris"- Reginaldo Prandi
"Ynari a menina das cinco tranças"- Ondjaki
"As tranças de Bintou"- Sylviane A. Diouf
"Orelhas de borboleta"- Luisa Aguiar e Andre Neves
"Somos iguais"- Denise Berton
"Uana e Marron de terra"- Lia Zatz
"Chapeuzinho Vermelho"- Daniel Wu
"O menino negro"- Camara Laye
"O homem que casou com a sereia"- Ciça Fittipaldi
"Omo-Oba Histórias de princesas"- Kiusam de Oliveira
"Uma princesa nada boba"- Luiz Antonio
“Pretinha, eu?”- Júlio Emílio Braz

6- Filme/série atual com protagonistas negros
A vida secreta das abelhas
Luke Cage
Estrelas além do Tempo (Hidden Figures)
À procura da felicidade
O mordomo da Casa Branca
How to Get Away With Murder
The Get Down
Luther 
Django
Chewing-gum
Imperail dreams
Doze anos de escravidão
I am slave
Barry
Black-ish
Beats of no nation
The Innocents
Brotherley Love
Streets
November Rule
Cinquante
Bienvenue à Marly Gomont
Pelé: Birth of a Legend
Empire
O aluno 
Moonlight
Rainha de Katwe
Metade de um sol amarelo

7- Livre (Reflexão/Debates/Questionamentos)

Ao longo do desafio, vi muitas pessoas que se deram conta de que possuem poucos ou nenhum livro escrito por um autor negro ou protagonizado por um negro. E o mais bacana foi ver as pessoas tomando consciência disso e dizendo que é algo que querem mudar.
Acho até natural que muitas pessoas não tenham autores negros ou livros com temática racial em casa, afinal, desde os tempos de escola, fomos ensinados a ler autores brancos e ler livros que contam a História do ponto de vista dos brancos. Sempre houve um constante apagamento da história negra.
E se não se lê (ou se lê pouco) autores negros, imaginem autoras negras!? Foi pensando nisso que ano passado escrevi uma postagem para o blog Psicose da Nina, buscando instigar essa reflexão. Na postagem também falo um pouco sobre Carolina Maria de Jesus e indico um vídeo da Chimamanda Ngozi Adichie.
Esse com certeza foi um dos melhores desafios que já participei e quero ler, ao longo da vida, todos os livros indicados. Deixo os meus parabéns às meninas que tiveram essa brilhante ideia.


28 Comentários

  1. ClaudiaOSimoes21 fevereiro, 2017

    Excelente!

    ResponderExcluir
  2. Olá, Maria.
    Ficou bem completa a lista e eu já coloquei na minha meta de leitura alguma das obras mencionadas.
    A Cor Púrpura foi para a lista; do Mia Couto, todas as obras estão na minha lista.
    Mulheres, Raça e Classe: esse livro eu estou namorando desde o lançamento da Boitempo.

    Desbravador de Mundos - Participe do top comentarista de fevereiro. Serão dois vencedores, dividindo um vale compras e dois livros.

    ResponderExcluir
  3. Oi Maria!

    Adorei ver a indicações aqui e, com certeza, servirá como base para muitas pessoas (incluindo euzinha!). Ainda estou focada em tentar diminuir a pilha da minha estante, mas já estou selecionando algumas opções dessas listas.

    Em relação aos filmes, eu tenho mais alguma indicações:

    Coach Carter - Treino para a vida
    Duelo de Titãs
    No Balanço do Amor (o protagonista é a menina branca, mas personagem coadjuvante é muito importante para história)
    Um limite entre nós
    Loving (eu ainda não assisti, mas a atriz está concorrendo a melhor atriz no Oscar 2017)
    Rogue One

    Eu assisti alguns dessa lista que você colocou aí em cima <3

    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nina!
      Muito obrigada pelas indicações!
      Já adicionei na minha lista.
      Abraços.

      Excluir
  4. Oi, Maria!
    Muito legal esse desafio! Dos autores negros citados, li apenas livros do Machado de Assis (meu preferido da vida!) e Lima Barreto. Tenho muita vontade de ler o da Shonda, sou muito fã dessa mulher, apesar de todo o sofrimento que ela me causa com suas séries! Hahahaha! Aliás, todas as séries da Shondaland colocam os negros em posição de destaque e eu acho o máximo! Nas nossas novelas as mulheres negras ainda fazem, na maioria das vezes, papéis de empregadas.


    Beijos, Entre Aspas

    ResponderExcluir
  5. Oii, tudo bem?
    Gostei bastante das dicas, muitos eu já li ou vi o filme e me encantaram. Um dos que mais gostei foram a cor púrpura e mandela, são do tipo que nos faz pensar na vida que tivemos e que reclamos muitas vezes por coisas boas.
    Anotei a maioria das dicas aqui pra minha lista infita, hahahaha
    Bjos

    ResponderExcluir
  6. Olá, tudo bem?
    Adorei as indicações que apresentou no seu post, já anotei alguns títulos doa livros citados aqui.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  7. Que desafio legal. Acho super válido refletirmos sobre os padrões da literatura mundial e os temas que são tendências e evitados. Esse desafio mostra exatamente isso...

    Bjos

    ResponderExcluir
  8. Olá,

    Amei a tag, sai cheio de indicações maravilhosas. Por outro lado, eu te indico A Marcha dos Javalis da autora Esther Lya, todos os personagens da obra são negro, é muito amor a distopia! ♥

    → desencaixados.com

    ResponderExcluir
  9. Vi a maioria dos filmes indicados no post, assim como alguns dos livros já li. Não vi um livro excelente chamado o Livros Dos Negros, fica como dica - a protagonista é incrível. Se não leu ou não conhece, vale a pena dar uma olhada.

    Raíssa Nantes

    ResponderExcluir
  10. Eu achei esse projeto muito interessante e concordo com você, realmente eu tenho poucos títulos de autores negros ou de com personagens negros. Estou com A cor púrpura há algum tempo para ler mas ainda não consegui terminar a leitura.

    ResponderExcluir
  11. Olá
    Bem interessante esse desafio, peguei umas dicas para conferir, já li alguns livros com protagonista negros meu favorito é Antes do Fim do Mundo do Mia Couto, meu problema mesmo é que eu sou muito distraída, descobri o nome da autora de um livro que gosto muito que li faz uns 15 anos a pouco tempo, meu marido mesmo fica falando dos atores dos filmes que estamos assistindo e eu fico com cara de paisagem sem fazer a menor ideia de quem ele está falando.

    ResponderExcluir
  12. Olá,

    Nem soube do projeto se não tinha participado, porque aprenderia muito e já anotei as indicações de livros, séries, filmes e tudo mais, porque ando estudando sobre a História dos negros no Brasil e no mundo e o melhor é saber na perspectiva de quem deve ter voz.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  13. Uau, super interessante! Adorei o desafio, isso até me fez lembrar de um livro que eu li ano passado do Ken Follett chamado Eternidade por um fio, fala da Época da Guerra Fria, cujos temas também era o racismo, retratando a realidade cruel daquela época, fala também sobre Martin Luther King e eu me lembro de ter amado a leitura e me fez enxergar por outra perspectiva. Sobre as séries, eu assisto How To get away with murder e é uma série sensacional! A Vaiola Davis é uma atriz maravilhosa e ela merece todos os prêmios de melhor atriz kkk. E também assisto Empire, é uma série que todos deveriam ver porque além de conter músicas incríveis que você fica com vontade de baixar todas kk, também relata a realidade nas ruas, o preconceito até mesmo no meio dos próprios negros, o homossexualismo, e muito mais. Fiquei curiosa com a sua lista de livros e séries, e vou procurar ler mais livro como esse. Obrigada pela dica. Bjss!

    ResponderExcluir
  14. Oi, tudo bem?
    Super amei essa desafio. Sempre achei que deviam criar mais personagens negros.
    Conheço alguns livros que não foram citados, pelo menos não reparei. São eles: Menina bonita do laço de fita (infantil), Marshmallow e O livro dos negros (protagonista negra).
    Tenho A cor púrpura e estou louca para ler.

    Blog Livros, vamos devorá-los

    ResponderExcluir
  15. Heiii, tudo bem?
    Oh que bacana esse desafio, achei muito interessante e foi otimo que vc nos passou uma lista bem diversificada para leitura.
    Um livro que li esses dias e tem protagonista negra é o garoto do cachecol vermelho.
    Beijos.

    Livros e SushiFacebookInstagramTwitter

    ResponderExcluir
  16. Que bacana este desafio, não o tinha visto antes.
    Mas que bom que você dedicou um post especialmente a ele.

    Já li "O sol é para todos" e ele entrou para a minha lista de favoritos rapidinho, é um ótimo livro!

    ResponderExcluir
  17. Olá! Que desafio maravilhoso! A gente realmente se acostuma com determinado perfil de personagens e não atenta para a falta de representatividade de quem não segue o padrão. Acrescente à sua lista de livros "O sol também é uma estrela", Nicola Yoon (a protagonista é negra) e de filmes: Encontrando Forrester, Filadélfia, Adivinhe quem vem para o jantar?, Othelo e Star Wars: O Despertar da Força. Abraços!

    ResponderExcluir
  18. Olá!

    Parando para pensar, eu também tenho poucos livros escritos e/ou protagonizados por negros. Aliás, eu tenho A Ilha Sob o Mar e logo menos o lerei, e também tenho Sr. Daniels, da Brittainy C. Cherry. Sobre filmes com negros, se a temática fosse histórica ou pelo menos não tão específica, eu recomendaria (recomendo, na verdade) Loving, com a Ruth Negga no papel principal. O filme fala sobre como um casal (ele branco e ela negra) foram parar na cadeia apenas... por terem se casado, no tempo que os Eua eram muito mais segregadores do que são.

    ResponderExcluir
  19. Que tag bacana, achei muito legal a inciativa de fazê-la e é muito importante essa representatividade, sem seguir padrões. Eu acabei de ler essa semana O Sol Também é uma Estrela onde a personagem principal é uma negra maravilhosa. Amei o post!

    MEMÓRIAS DE UMA LEITORA

    ResponderExcluir
  20. Oii,

    Nossa quantas indicações bacanas, na verdade esse desafio é muito legal mesmo. Tem alguns nomes que eu conheço, outros não. Mas adorei conhecer.

    Beijos

    ResponderExcluir
  21. Olá! Muito legal esse desafio!!! Amei conhecer, vi sua lista e já peguei alguns títulos ali que me interessaram, vou pesquisar sobre eles e adicionar na minha lista, beijos!

    ResponderExcluir
  22. Olá!
    Adorei o desafio e achei maravilhoso e muito diferente. Temos poucos protagonistas negros, temos poucas autoras negras e histórias com negros, isso precisa mudar, nós precisamos mudar. Anotei alguns livros que quero ler, e dentre eles quero muito ler "O Sol é para Todos" esse livro está na minha lista a muito tempo e preciso ler! Parabéns pela projeto!

    Beijos!
    http://blogdatahis.blogspot.com.br/2017/04/resenha-garotas-de-vidro-laurie-halse.html

    ResponderExcluir
  23. Oie, tudo bem!? Adorei ver as listas tão cheias e o melhor, foi eu ver que já li e tenho alguns dos livros. Em pleno século XXI ter que lidar com esse tipo de sucateamento cultural é inaceitável.
    Algumas pessoas pode até chamar de mimimi, mas só quando se é negro é que se sabe onde o calo mais aperta.
    Adorei a iniciativa!!
    Bjs

    ResponderExcluir
  24. Que incrível! Não sabia da metade dos livros/filmes/séries que você pontuou. Desses, morro de emoção e suo pelos olhos com Doze anos de escravidão.

    Parabéns pelo seu blog, linda!

    ResponderExcluir
  25. Oiii!

    EU acho esses desafios bem bacanudos! Vou passar todas essas dicas para um amigo que AMA o tema, e claro, vou pegar alguns para mim tbm.
    Eu só conhecia a Conceição Evaristo e tenho curiosidade em ler algo dela.

    Beijinhos,

    ResponderExcluir
  26. Oi Maria, sua linda, tudo bem?
    Confesso que pensei que na categoria de livros infantis não teríamos muitas indicações e fico feliz por estar enganada, pois temos sim. Tem uma série cuja protagonista e seu pai são negros, que é muito boa, Scandall. Tem um livro novo da Bianca Briones Em Suas Mãos cuja protagonista também é negra. Gostei muito de ver O Sol é para todos aqui nessa lista, tanto o livro quanto o filme são excelentes e clássicos. A cor púrpura foi uma das histórias mais dolorosas que já vi na vida, eu vi o filme quando pequena, acho que não estava preparada, me marcou muito. Mas quem está preparado não é verdade??? Você tem que ver o filme Tempo de Matar, é outro que me marcou muito e o final de arrepiar!!!! Tem um de navio negreiro Amistad muito lindo!!!! Adorei o desafio.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  27. Nossa que desafio massa. Adorei!! Eu já havia notado essa questão de quase não existir personagens negros nas história e acho muito triste isso. A maioria vem com os personagens que entendemos como padrão de beleza da sociedade. Parabéns pela iniciativa e que mais pessoas possam perceber e mudar esse quadro.

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita e pelo comentário :)
Se você for blogueiro, retribuirei a visita assim que possível.