Neste livro conhecemos Amanda e Lila, duas melhores amigas que vão passar as férias de inverno em um acampamento para músicos, destinado a crianças e adolescentes até 17 anos. Amanda só vai para esse acampamento para fazer companhia a sua amiga e por muita insistência da mesma, uma vez que seus conhecimentos musicais não passam de só saber tocar três músicas na flauta.


O acampamento fica em Teresópolis, uma cidade no interior do Rio De Janeiro e este era mais um motivo para Amanda não querer ir, porque imaginou que fosse ficar um mês sem contato com o mundo, no meio do mato, um tanto quanto exagerada e qual não foi sua surpresa ao chegar no local e ver que tinha internet! Mesmo assim, como estava lá a contragosto, só para agradar a amiga, não queria socializar com os demais participantes.
"Suas experiências ruins no passado te deixam com um medo absurdo de ser feliz no presente, então você sabota seus sentimentos, antes mesmo de entender de entender o que está sentindo. É mais fácil se envolver com quem não te faz sentir nada". (p.52)
Logo na primeira noite de estadia no acampamento teve uma festa de boas vindas aos alunos e as meninas fizeram amizade com dois garotos, Gustavo e Eduardo. Da mesma forma que as duas dividiam o quarto, os meninos também eram melhores amigos e colegas de quarto. O primeiro se deu super bem com Lila, enquanto o segundo, não se deu tão bem com Amanda, uma vez que ela também não facilitou a amizade. Como era de se esperar, logo Lila e Gustavo formaram um casal e passavam a maior parte do tempo juntos então, seus respectivos amigos acabavam sem ter com quem conversar, a não ser entre a eles mesmos.

O acampamento oferecia cursos para aperfeiçoar o que os alunos já sabiam e para que quem ainda não soubesse pudesse aprender para apresentar para os pais e convidados no final. Foi o caso de Amanda que se inscreveu no curso de flauta e de canto. Este último curso também foi escolhido por Eduardo e os dois tiveram que se apresentar em um dueto na apresentação final.
"(...) Medo de mergulhar fundo demais e acabar afogada. De me iludir e acabar decepcionada. De me enganar e acabar de coração partido. De me entregar e acabar abandonada". (p. 53)
 Cada faixa etária era supervisionada por um monitor e Bruno era o monitor dos maiores, grupo do qual Amanda fazia parte, com seus 17 anos, mas isso não impediu que os dois começassem a "ficar", claro que escondido de todos por causa da condição de Bruno. Mas será que esse relacionamento escondido vai durar? Será que Eduardo e Amanda vão conseguir ter uma boa relação até o final do acampamento? Será que Amanda vai conseguir aprender a tocar mais músicas na flauta? Vai conseguir cantar em público? Essas são perguntas que só lendo para saber a resposta e eu indico muito a leitura não só para chegar nas respostas mas também e principalmente pela experiência de leitura, que no fim acaba sendo um livro surpreendente e com o final mais lindo do mundo!

Confesso que no início achei que seria só mais um livro clichê, que seria mais do mesmo, mas a autora Clara Savelli soube escrever um livro que vai além do que se conhece e soube inovar criando uma história única, encantadora e apaixonante, que prende o leitor de modo a não conseguir largar o livro enquanto não souber o que vai acontecer. Sem contar que também é um prato cheio para os fãs do cantor Ed Sheeran e para quem não conhece muito, adianto que até o final do livro sairá sabendo de cor a música Thinking out Loud, que é como a trilha sonora do livro.
"Eu gosto de você, você gosta de mim e, sendo assim, já temos tudo que precisamos". (p. 112)

2 Comentários

  1. Acredita que eu ainda não li o Acampamento? Sim, fique chocada. Mas de qualquer forma como amiga e assessora da Clara, minha opinião é suspeita haha Fico feliz que tenha curtido e até agora só vi resenha positiva. Preciso criar vergonha na cara e ler logo!

    ResponderExcluir
  2. Minha paixão! Está no topo da minha lista de livros preferidos no mundo inteiro.
    Confesso também, que no início não me interessei muito pelo livro, tanto que foi um dos primeiros a estar na minha biblioteca do wattpad, mas foi somente depois de ler dois que decidi ler, pelo fato de ter o nome "músicos" no titulo.
    E no entanto, foi um dos livros que mais marcou.
    E você não está mentindo quando diz que quando o livro acaba sabemos "thinking out loud" de cor, por que foi exatamente o que aconteceu comigo rsrs.
    parabéns pela resenha!

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita e pelo comentário :)
Se você for blogueiro, retribuirei a visita assim que possível.