Você acha errado que a Disney venha ocupar as prateleiras com romances da série Star Wars, além de adaptações das aventuras Marvel em forma de livros?
Você também acha errado que biografias de jogadores de futebol, além de celebridades virtuais tenham espaço nas livrarias?
Se você acha que sim, então você está errado por achar que isso está errado.

Nosso mercado editorial é democrático e não pode restringir espaço para outras categorias literárias nacionais e estrangeiras, sejam elas romances, biografias entre outras.
A Disney investe centenas de milhões para adaptar seus produtos para inúmeras plataformas, como quadrinhos, cinemas, brinquedos, roupas, desenhos animados e não poderia ser diferente nos livros. Desta mesma forma, as editoras, distribuidoras e livrarias, apostando no grande potencial de vendas, andarão juntas no investimento e lucro.
As biografias de jogadores de futebol, além de políticos, artistas e celebridades virtuais além do potencial de vendas, também despertam curiosidade dos leitores pelo seu exemplo comercial e publicitário. Existem inúmeros profissionais por trás deles trabalhando e lucrando com isso.
Há um jogo comercial muito grande envolvendo muitas empresas prestadoras de serviço.
As óticas das editoras, gráficas, distribuidoras e livrarias sempre foram e sempre serão comerciais. Elas não vão sustentar sonho de escritor sem que isso tenha uma vantagem maior para o lado delas.

Existe uma vida muito complexa quando se quer correr atrás de seus sonhos profissionais, literários e artísticos.
Profissionais investem tempo e dinheiro para conquistar um patamar que muitos escritores nacionais julgam errado (e o pior é quando eles não fazem absolutamente nada para chegar a esse nível).
Você não é melhor do que ninguém. O seu livro não é melhor do que os dos outros. Da mesma forma, existe espaço para todos.


Não condene o estilo literário alheio. Vamos ter mais classe, ética e educação, aprendendo a respeitar quem se dedica mais do que a gente.

Leo Vieira

Acompanhe a campanha de incentivo à leitura "Leia + Livros", do Leo Terário.

® Leo Vieira- Direitos Reservados 

8 Comentários

  1. ooooi, tudo bem?
    Acho que as prateleiras tem espaço para diversas mídias, principalmente as que enriquecem a cultura.
    Boa reflexão!


    PROMOÇÃO DOIS ANOS DO BLOG BIO-LIVROS

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Daniela. Obrigado pelo comentário.
      Vamos incentivar a leitura. Um leitor de gibi que for adotar uma literatura Marvel, vai se adaptar aos outros gêneros literários. Por isso há espaço para todos.
      Beijos,
      Leo Vieira

      antroliterario.blogspot.com.br

      Excluir
  2. Olá Leo, tudo bem contigo ???
    Eu sou totalmente a favor de que todo e qualquer gênero literário chegue até as prateleiras, acredito que assim é possível sim, trazer novos leitores para esse mundo incrível que é a literatura. Não vejo problema algum nos livros de Youtubers, nos livros eróticos (apesar de não gostar nem um pouco do gênero) ou até mesmo na nova moda que são as releituras de clássicos da Disney. O que me irrita, e que sou totalmente contra é a criação, publicação e divulgação de um material precário, sem uma boa revisão ou pior, totalmente mal escrito.
    Sou leitora, posso não ter lido todos os livros lançados nesse mundo, mas já me deparei com obras em que ficava só imaginando como aquilo conseguiu publicação. Acredito que publicar por publicar é errado, penso que falta um pouco de discernimento no trabalho de algumas editoras, mas nunca fui contra as modas literárias.
    Gostei do texto, muito bom para a discussão de um tema tão em foco atualmente. ;)

    Beijinhos
    Hear the Bells

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ryoko. Obrigado pelo comentário.
      Realmente, cabe ao leitor saber discernir e identificar uma obra de qualidade. Por isso eu gosto muito das atividades de vocês, blogueiros.
      Um dos problemas para eventuais quedas de qualidade são algumas editoras por demanda que "abriram a porteira" misturando obras mal desenvolvidas no meio literário.
      Por isso acho que blogueiros deviam ser contratados para copidesque dessas obras.
      Grande beijo,
      Leo Vieira

      antroliterario.blogspot.com.br

      Excluir
  3. Livros mais comerciais existem e sempre existirão. Isso é um fato. Eles não são errados, é claro, apesar de muitas vezes pecarem na qualidade literária. Porém, são eles que movimentam o mercado editorial. Resta ao escritor iniciante batalhar para tentar pegar uma fatia desse bolo. Além disso, nada mais pode ser feito. Um escritor não conseguirá mudar toda uma direção de mercado.

    Desbravador de Mundos - Participe do top comentarista de julho. Serão quatro livros e dois vencedores!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Desbravador. Obrigado pelo comentário.
      Há espaço para todos. Vamos respeitar porque também precisamos conhecer os novos leitores.
      Grande abraço,
      Leo Vieira

      antroliterario.blogspot.com.br

      Excluir
  4. Oi, Leo!
    Apesar de detestar as biografias de Youtubers, por exemplo, não acho errado que tenha (acho errado eles contratarem ghost writers, mas aí é outro assunto). É muito simples: Se eu não gosto, eu simplesmente não compro ou leio.
    O mercado editorial é bem o que você disse, democrático.
    Então, abra a sua mente e leia o que quiser.
    :D

    Beijoooos

    www.casosacasoselivros.com

    ResponderExcluir
  5. Oi, Teca. Obrigado pelo comentário.
    O espaço literário e editorial é de todos e temos que dar as boas-vindas aos novos escritores e leitores também. Cada um tem o seu público em potencial.
    Sobre Ghost Writers, na minha opinião, eu não vejo problema porque alguns escritores famosos também utilizavam e utilizam esse serviço. Sidney Sheldon tinha equipe para dar conta dos roteiros de suas séries. Eles desenvolviam a trama de acordo com as ideias do autor.
    Somente no caso de monografias, teses e dissertações que eu sou contra, porque pagar para outro estudar e escrever é algo desonesto.
    Beijos,
    Leo Vieira

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita e pelo comentário :)