Na postagem de apresentação da #MLI2016, no começo do mês, apresentei os livros que pretendia ler durante julho. Hoje trago o resultado do meu desempenho.

Não fui tão ruim quanto poderia ter sido. Afinal, pretender ler sete livros em época de final de semestre na faculdade não é algo muito sensato de se fazer. Apesar disso, finalizo o mês com quatro lidos e um em andamento, sendo que incluí um novo na lista. Desse modo o resultado é 4,5/7.

Relembrando minhas escolhas:

V.O.A.R- Alessandra Ananda
• Dom Casmurro- Machado de Assis (Hype) (em andamento)
Dez Ajustuda- Maria Beaumont ( Encalhado)
• A distância entre nós- Thrity Umrigar (Diversidade)
Star Wars: Marcas da guerra- Chuck Wendig (Outros mundos)
• Acampamento de férias para músicos (nem tão) talentosos- Clara Savelli. (Incluso)

Os que estão com pontinhos são os que foram lidos.


Esta é uma HQ autobiográfica em que o autor suíço, Frederik Peeters, retrata seu relacionamento com Cati, uma mulher soropositiva.

A história começa com ele narrando a primeira vez a viu, ainda adolescente, e  todas as vezes que se viram depois, quando, já adultos, num desses encontros, Cati lhe conta que casou, que teve um filho, mas que está separada. Com o decorrer do tempo, vão ficando cada vez mais próximos até que, antes de iniciarem um relacionamento de fato, ela lhe revela que é portadora do vírus HIV e que seu filho também, esperando que Frederik fosse preferir se afastar, no entanto, o que sente por ela é mais forte e ele decide investir no relacionamento.

Seria maravilhoso que todo iniciante no mundo das letras tivesse um agente de plantão para fazer todas as tramitações possíveis: Burocracias, contratos, intermediações com editoras, distribuidoras e livrarias; contabilidade, repasse de direito autoral, assessoria comercial, contato com o público, agendamento de evento cultural, etc. Mas infelizmente por questões financeiras, somos obrigados a correr atrás de nossos objetivos, o que inclui aprender a
realizar essas tarefas.
Antes de tudo, escritor é leitor e também pesquisador. Antes de ser escritor, somos estudantes. Pesquisar sobre medicina para compor um personagem médico não nos tornará médico também, mas a intenção é convencer através de um personagem bem embasado e verossímil.
Mesmo que a gente não goste de matemática, precisávamos aprender as equações para passar nas provas de matemática, álgebra, geometria, entre outras. Desta maneira, mesmo que não gostemos, temos que ser comunicativos para andarmos longe.

Bons livros sobre jornalismo e marketing vão nos abrir a mente para desenvolver uma boa comunicação entre os possíveis parceiros literários.
Leo Vieira


Acompanhe a campanha de incentivo à leitura "Leia + Livros", do Leo Terário.


® Leo Vieira- Direitos Reservados 


O livro começa com uma pergunta: "- Sinhora, quer criado?". É Ndani que, encantada pelos relatos de uma de suas quatro madrastas que trabalhou como criada na casa de brancos, foge de sua casa para Bissau, para trabalhar como criada na casa de brancos. Depois de muito procurar por alguém que aceite seus serviços, a garota encontra uma casa em que, inicialmente é mal recebida, mas desiste, depois de muito insistir, consegue ser admitida como criada na casa de Maria Deolinda e seu esposo. Mas sua patroa não aceita seu nome, dizendo que é um nome comunista e passa a chamá-la de Maria Daniela.
Ndani, por sua vez, vai para a capital também para fugir de uma maldição posta sobre ela por um líder religiosa de onde morava. A maldição dizia que ela traria infelicidade para todos os relacionamentos em que entrasse, o que faz com que as pessoas que sabem dessa história afastam-se imediatamente.


Este é o primeiro livro de uma tetralogia denominada série napolitana. Neste primeiro romance, nos é narrado em primeira pessoa a infância e adolescência de Elena Greco, que tem por apelido Lenuccia e Lenu. A narrativa começa com o desaparecimento de Lila, Raffaella Cerullo, uma mulher que aos setenta e seis anos, que nunca saiu de Nápoles, sai de casa sem deixar vestígios, recorta até  fotos em que aparecia, então é como se ela nunca tivesse existido, a não ser na memória de quem a conheceu e a partir disso Lenu resolve escrever as memórias que tem com a amiga como uma forma de ir contra a vontade dela de desaparecer por completo, então a escrita é uma forma de eternizar a amiga.

A profissão mais antiga do mundo! Mais antiga até mesmo que a prostituição, porque antes de tudo, a prostituta teve que vender o seu serviço sexual. Por isso, a venda é uma profissão responsável pelo rumo do planeta. Todos nós somos vendedores. Durante a vida, todos vendemos coisas, mesmo que involuntariamente e despercebidamente.
Todo mundo "se vende" (no bom sentido). Nós criamos uma aparência para sermos "comprados" no mercado de trabalho. "Se vender" é bem diferente de "ser vendido". Não podemos nos deixar ser vendidos pela situação.
Quando um profissional se especializa, ele está fazendo uma somatória de pesquisas e aprendizados para colocar em prática no momento certo. Um livro é um resultado de pesquisas.
O escritor está lapidando o seu produto para a venda. Ele precisa vender para poder caminhar melhor na carreira. Um blogueiro também está preparando o seu produto (os blogs) para poder mostrar o seu potencial a ser vendido, em busca de patrocínio.
Talvez até mesmo o escritor pode pensar que não deve vender e que essa função caberia somente à vendedores. Mas devemos saber também que quanto mais nos especializamos, mais amplo fica nosso horizonte para conquista de espaço. Precisamos fazer a diferença!

Leve sempre alguns livros na mochila. Sempre que houver oportunidade, fale de seu trabalho. Sempre haverá uma oportunidade para vender o seu livro. Acredite nisso.
Leo Vieira


Acompanhe a campanha de incentivo à leitura "Leia + Livros", do Leo Terário.
® Leo Vieira- Direitos Reservados 

Patota tem em qualquer lugar. Tinha na nossa época de escola, tem no trabalho, tem na faculdade, tem na igreja, tem na vizinhança, e não poderia ser diferente no meio literário.
É comum ter um grupo especial de amigos que conhecemos e mantemos no meio literário, com blogueiros, revisores, escritores, etc. É muito bom também ser sempre lembrado, principalmente daquele evento literário especial, onde você é primeiramente lembrado para participar. 
O conselho que eu deixo é que fiquem mais atentos quando se sentirem nessa fase. Panelinha é legal, mas deixe a "panela sem tampa".
Isso porque também se perde muita oportunidade quando nos fechamos para novas parcerias e amizades. Às vezes, aquele escritor reservado pode trazer um monte de alunos para o evento e aquela escritora falante representa um número imenso de leitores. Muito se pode compartilhar.

Se algum convidado em potencial tiver um caráter duvidoso, deixe as diferenças de lado e seja cordial. Não impeça uma participação por conta disso. Seja nobre. Todos só têm a ganhar.
Leo Vieira


Acompanhe a campanha de incentivo à leitura "Leia + Livros", do Leo Terário.

® Leo Vieira- Direitos Reservados 

Ontem, o blog completou três anos e para comemorar o aniversário, em parceria com o blog Psicose da Nina, sortearemos um exemplar autografado do livro "Mocassins e All Star", da Clara Savelli e "Pela janela indiscreta", da Aimme Oliveira. Serão dois ganahdores, um livro para cada.
Para participar, é muito simples, basta ler o regulamento, preencher o formulário e torcer para ser o vencedor (a).

Regulamento

-Residir em território nacional ou ter endereço para entrega no Brasil;

-Preencher corretamente as entradas obrigatórias;

-Deixar um e-mail para contato nos comentários;

-Quando se inscrever para receber as postagens por e-mail, é preciso confirmar a assinatura clicando no link enviado para o mesmo.

-Visitar as páginas do Facebook significa curti-las;

-O sorteio terá início no dia 08/07/2016 e término no dia 08/08/2016;

-O  primeiro sorteado ganhará o livro da Clara Savelli e o segundo ganhará o livro da Aimee Oliveira;

-O blog Minhas Impressões entrará em contato com os (as) ganhadores (as) por e-mail e eles (as) terão até 48 horas para responder com seus dados para envio do prêmio. Caso não receba a resposta nesse período de tempo, será feito um novo sorteio;

-O prêmio será enviado em até 60 dias utéis após o recebimento dos dados do ganhador (a);

-Não nos responsabilizamos por extravios, danos causados pelos Correios ou problemas com a entrega. Caso o prêmio retorne, os (as) ganhadores (as) arcarão com o frete para reenvio;

-Os casos omissos nesse regulamento serão resolvidos pelos blogs proponentes. Em caso de dúvidas, entrem em contato pelo e-mail: blogminhasimpressoes@gmail.com.

*Este sorteio é de caráter recreativo/cultural e dispensa autorização da Ministério da Fazenda e da Justiça. Não está vinculado a compra e/ou aquisição de produtos ou serviços e a participação é gratuita.

Boa sorte a todos!

Fonte: Diva Latívia

07.07.16. Três anos de Minhas Impressões.

Essa é uma data que sempre me deixa reflexiva.

Se eu tivesse que resumir tudo o que estou sentindo hoje, a palavra mais adequada seria gratidão.
Sou grata por ter conhecido blogueiros que admiro e que me inspiram, como a Nina, do Psicose da Nina e o Marcos, do Desbravador de Mundos; a Beatriz, do Livro do dia e o Rafa, do Delirium Scribens; autores que são encantadores, como o Lucinei M. Campos, a Yohana Sanfer e a Gislaine Oliveira, que esse ano se tornou parceira do blog. Grata por ter um colaborador tão competente, como é o Leo Viera e por ter leitores muito queridos, que sempre me incentivam a continuar com o blog.

Só posso deixar o meu muito obrigado e adiantar que amanhã teremos sorteio para comemorar.
Fiquem atentos.

Você acha errado que a Disney venha ocupar as prateleiras com romances da série Star Wars, além de adaptações das aventuras Marvel em forma de livros?
Você também acha errado que biografias de jogadores de futebol, além de celebridades virtuais tenham espaço nas livrarias?
Se você acha que sim, então você está errado por achar que isso está errado.

Nosso mercado editorial é democrático e não pode restringir espaço para outras categorias literárias nacionais e estrangeiras, sejam elas romances, biografias entre outras.
A Disney investe centenas de milhões para adaptar seus produtos para inúmeras plataformas, como quadrinhos, cinemas, brinquedos, roupas, desenhos animados e não poderia ser diferente nos livros. Desta mesma forma, as editoras, distribuidoras e livrarias, apostando no grande potencial de vendas, andarão juntas no investimento e lucro.
As biografias de jogadores de futebol, além de políticos, artistas e celebridades virtuais além do potencial de vendas, também despertam curiosidade dos leitores pelo seu exemplo comercial e publicitário. Existem inúmeros profissionais por trás deles trabalhando e lucrando com isso.
Há um jogo comercial muito grande envolvendo muitas empresas prestadoras de serviço.
As óticas das editoras, gráficas, distribuidoras e livrarias sempre foram e sempre serão comerciais. Elas não vão sustentar sonho de escritor sem que isso tenha uma vantagem maior para o lado delas.

Existe uma vida muito complexa quando se quer correr atrás de seus sonhos profissionais, literários e artísticos.
Profissionais investem tempo e dinheiro para conquistar um patamar que muitos escritores nacionais julgam errado (e o pior é quando eles não fazem absolutamente nada para chegar a esse nível).
Você não é melhor do que ninguém. O seu livro não é melhor do que os dos outros. Da mesma forma, existe espaço para todos.


Não condene o estilo literário alheio. Vamos ter mais classe, ética e educação, aprendendo a respeitar quem se dedica mais do que a gente.

Leo Vieira

Acompanhe a campanha de incentivo à leitura "Leia + Livros", do Leo Terário.

® Leo Vieira- Direitos Reservados 


Ano passado eu participei da Maratona Literária de Inverno e foi uma experiência bastante satisfatória, ainda que eu não tenha conseguido ler todos os livros que tinha me proposto.
Esse ano irei participar novamente, mas com uma meta um pouco mais modesta e um agravante que muito provavelmente não vai me permitir ler todos os livros: não estarei de férias da faculdade. Terei aulas durante todo o período da maratona, mesmo assim, irei tentar.