Este é um livro pequenininho, de bolso, publicado pela editora Brasiliense. Tem apenas 89 páginas.
Por meio de quatro capítulos, a autora, Betty Milan, tenta colocar em palavras a definição do amor como sentimento. Eu digo "tenta", porque definir o que é amor é uma tarefa complicada. Me faz lembrar das vezes em que me perguntavam "O que é o amor para você?" e eu me sentia incapaz de colocar em palavras algo que só se pode sentir.

A título de exemplo, a autora se vale de histórias de amor conhecidas. Cita algumas da mitologia grega, como a de história de Narciso e a de Eros e Afrodite. E também cita a história de Xerazade e o sultão Xariar, em Mil e Uma Noites. Além desse artifício, a autora também se vale de citações de célebres escritores. Dentre eles encontramos nomes como Stedhal, Ovídio e o maior poeta de todos os tempos, Drummond.

No final, ela indica alguns livros que vai nos ajudar a entender este sentimento. Dentre eles destaco: O Banqute, Platão; A Arte de Amar, Ovídio; Do Amor, Stendhal e Fragmentos do Discurso Amoroso, de Roland Barthes. Livros que já estão na minha lista de desejados.



2 Comentários

  1. Não conhecia o livro, parece ser bem bonitinho. Com história interessante e de fácil leitura.
    Acho que deve ser ótimo para ler em uma tarde :D

    bjs
    http://www.confraria-cultural.com/

    ResponderExcluir
  2. Olá Maria.
    Livros curtos são muito bons de se ler, não há muita enrolação, né?
    Pena que acabam muito rápido rs
    Parabéns pelo blog...
    Equipe Livrofagia
    http://livrofagia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita e pelo comentário :)