Quem leu O Pequeno Príncipe, da autoria de Antoine de Saint Exupéry (que é um dos meus livros favoritos), certamente vai querer ler esse livro, O Retorno do Jovem Príncipe, da autoria de A.G. Roemmers e também vai achar que este é uma continuação daquele. Para isso, duas coisas: 1) Sim, faz alusão ao clássico da literatura mundial e inclusive é baseado nele. 2) Mas não é exatamente sua continuação.

O livro narra a viagem de um homem à Patagônia, quando na beira da autoestrada, vê um rapaz aparentemente dormindo. Pega o rapaz no colo, o coloca dentro do carro e segue viagem. Quando o rapaz acorda, simplesmente diz que tem sede e o viajante lhe dar de beber e de comer e o rapaz volta a dormir. Quando ele acorda novamente, o viajante está cheio de perguntas para fazer, mas espera até que o outro queira se pronunciar.
Com isso os dois entabulam uma conversa na qual o leitor acompanha as perguntas de um jovem que vem de outro planeta tem a fazer sobre como é a vida na Terra. Nesse jogo de perguntas e respostas, fica a reflexão do porquê o ser humano é tão infeliz e dã muito valor as coisas materiais.

Apesar do livro ser recheado de clichês e situações absurdamente hipotéticas, podendo também ser facilmente classificado como auto-ajuda (que é um dos gêneros que mais me distancio) e além de tudo isso, ser alvo de críticas árduas no Skoob, posso afirmar que foi uma experiência e tanto ter a oportunidade de lê-lo.

Fonte

3 Comentários

  1. Sim já li o pequeno principe e amei a leitura então é, acho que vou gostar desse livro, adorei a resenha bem escrita amei!

    ah! já estou lhe seguindo se poder retribuir fico grata! ;)

    http://voceeoquele.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Parece ser ótimo. Pela capa e nome dá mesmo a impressão de que é continuação. Não gosto muito de livros de auto-ajuda, mas O Pequeno Príncipe passa ótimas mensagens. Ótima resenha, simples e compreensível.
    formula-amor.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Oi Maria!
    Particularmente, eu não gosto de "O Pequeno Príncipe" e por diversos motivos. Foi uma das leituras mais frustrantes que eu fiz na minha curta vida.
    Este livro, de imediato, pareceu-me ser a continuação d'O Pequeno Príncipe, mas como o autor já havia falecido, logo caí na real que possivelmente era um livro à parte.
    Gostei de saber sua opinião e mesmo você o classificando como bom, não pretendo lê-lo. :x
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.com

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita e pelo comentário :)
Se você for blogueiro, retribuirei a visita assim que possível.