A falta de atenção na carreira literária é grande e frequente. Quem nunca se
distraiu e se perdeu em uma pesquisa ao analisar uma bobagem na internet? Isso acontece com todos. Seja uma piada, ou imagem engraçada, ou curiosidade, ou cultura inútil, entre outras coisas. As redes sociais se tornaram a maior inimiga do leitor virtual e mais ainda do escritor.
Quando for estudar no computador, e tiver a necessidade de fazer eventuais consultas na internet, não deixe as páginas sociais abertas. Senão o seu desempenho pode ficar reduzido absurdamente.
Se você for escrever, também faça o mesmo. Se surgir algum link notável, salve-o para consultar depois. Mas se você não resistir, aprenda a se policiar com pequenas regras e metas para concluir seus objetivos literários.
Mas afinal, essas bobeiras são nocivas? Depende muito, porque tudo em demasia é ruim. Mas posso dizer que para um escritor, uma leitura ruim pode ser boa.
Todo leitor, por mais acadêmico e refinado que seja o seu gosto, vai gostar de ler umas inutilidades e serão exatamente essas palhaçadas que irão dar corda em suas ideias. É igual em uma sopa, onde vamos escolhendo os melhores legumes, removendo as cascas, folhas, sementes e partes ruins. Muitas ideias originais surgiram em momentos ociosos. A mente humana precisa estar entretida para produzir novidades agradáveis.
Nesta mesma linha de raciocínio, não vamos questionar, criticar e/ou oprimir quem compartilha certas bobeiras nas redes sociais. É claro que tudo tem um certo limite, mas vamos ter o bom senso e mensurar as coisas boas de cada um, seja como for.

Leo Vieira

3 Comentários

  1. Acho que é mais uma procrastinação. Diante da internet e das abas com redes sociais abertas, esquecemos qualquer obrigação. Mas não vejo a internet como a grande inimiga do escritor. Uso a internet para a maioria de meus posts. De simples fotos a consultas.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  2. Gostei bastante do texto. Já aconteceu de algumas vezes eu precisar pesquisar um trabalho e acabar "me perdendo" por causa de alguma coisa publicada na redes sociais. Resultado: eu deixava para fazer o trabalho depois porque tinha muito tempo para poder entregá-lo, só que um dia antes ficava desesperada porque ainda não tinha terminado. Depois desses deslizes, passei a me policiar mais e isso nunca mais aconteceu. A internet, como tudo na vida, tem seus benefícios e malefícios, cabe a nós sabermos como utilizá-la.

    Beijoooos
    comvistaparavida.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Ahhhh as distrações... sofro tanto com isso, porque o tempo todo perco a concentração!

    Beijos

    Meu Meio Devaneio

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita e pelo comentário :)