Qual biblioteca: Biblioteca da Fundação Julita

Enderenço: Rua Nova do Tuparoquera, 117. Jardim são Luiz. CEP: 05820-200. São Paulo- SP.

Livros emprestados: 6




Data do empréstimo: 23/02/2014


Data para devolução: 23/ 04/ 2014

Quais livros:  
" O Príncipe"- Maquiavel;
"A Brincadeira"- Milan Kundera;
" O Visconde Partido ao Meio"- Italo Calvino;
"Dois Irmãos"- Milton Hatoum
"Outsiders"- Susan E. Hinton
"Levantando do chão"- José Saramago.

Eu não sei de onde eu vou tirar tempo para ler esses livros todos. 
 Fui na biblioteca pensando em só pegar um livro, no máximo dois e saio de lá com seis!



10 Comentários

  1. Adorava pegar livros na biblioteca pública da minha cidade quando estudava perto de lá! Também sou dessas que vai pegar um e sai com vários! O legal de ir em uma biblioteca é a variedade das obras, e foi através da biblioteca pública que tive um número de leituras muito grande durante o ensino fundamental.
    Meu Filme virou Livro

    ResponderExcluir
  2. Nossa, me lembrei dos meus tempos de colégio! Adorava passar horas dentro da biblioteca vendo livros para emprestar! Acabava que passava a hora do intervalo e eu ainda não tinha me decidido, daí tinha que voltar a tarde para continuar procurando, suahsusahusahsauhauah!

    http://umlivroesuashistorias.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Aqui na minha cidade não há uma biblioteca em meu bairro, o que torna difícil eu frequentar uma já que ainda não posso pegar um ônibus ou até um táxi e ir a uma. Tenho um certo interesse em ler O Príncipe, de Maquiavel. Você fará resenha quando terminar?
    Adorei o seu blog, já estou seguindo.

    Beijos,
    chuvadeejaneiro.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Camila.
      Obrigada pelo carinho.
      Vou ver se escrevo alguma coisa sobre o livro do Maquiavel.

      Excluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Nossa eles lhes oferecem bastante prazo... O bom de se estar na faculdade é a disponibilidade da biblioteca e a da minha é bastante grande, costumo pegar somente os livros didáticos, mas estou contando que nesse ano criarei o hábito de usá-la para os de gênero literário.

    Fiquei curiosa pelo livro Outsider, ficarei esperando a sua resenha :D

    Lhe indiquei a uma TAG (espero que goste): http://umreinomuitodistante.blogspot.com.br/2014/02/tag-4x4-em-2014.html

    ResponderExcluir
  6. Nossa, não conheço nenhum! Sabe que nunca quis ler Maquiavel por achar que deve ser chato? Promete que me conta depois? Quem sabe me animo rs
    E foco na leitura que você consegue!

    Beijos

    Meu Meio Devaneio

    ResponderExcluir
  7. A Brincadeira, do Kundera, é excelente. É um bom retrato do que foi o comunismo na República Checa e em toda a União Soviética, assim como os problemas de todo o governo totalitário. Tudo isso sem perder a ironia bem sutil. Já li uns 4 do Kundera, ele é um dos meus "contemporâneos" favoritos.

    Preciso ler mais Calvino. Li A Trilha dos Ninhos de Aranha, o primeiro e mais realista deles, apesar de já ter aquele tom de fábula típico dele. Quero ler "Se Um Viajante Numa Noite de Inverno", só pelo título mesmo. E queria ler alguma coisa do Hatoum também. Esse do Saramago deve ser mais difícil de achar, né? Nunca tinha ouvido falar até agora, mas pesquisei no google e é bastante aclamado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Raphael.
      Peguei a " A Brincadeira", justamente porque li outros livros do Kundera e gostei. Dele li "A Insustentável Leveza do ser", "Risíveis Amores" e "O Livro do Riso e do Esquecimento".
      Do Calvino, esteve vai ser o segundo que leio dele, estou apaixonada por ele.
      Hatoum é meu primeiro contato e Saramago já gosto bastante desde "Ensaio sobre a cegueira".

      Excluir
  8. Olá Maria, blz?
    Queria muito ler "A brincadeira", me disserem que é muito bom.
    Bjão!

    http://criticandonamadruga.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita e pelo comentário :)
Se você for blogueiro, retribuirei a visita assim que possível.