Dia 04/07 estive presente no lançamento do novo selo editorial independente, Arte Sabali Edições, que aconteceu na Blooks Livraria, do shopping Frei Caneca, em São Paulo. 
O selo foi criado pelas irmãs, Élida e Elaneida Reira, duas mulheres negras conscientes de sua posição de gênero e raça e do quanto o mercado editorial é excludente. Com o isso, esse projeto editorial tem como objetivo dar voz àqueles que são silenciados constantemente pelo mercado editorial, que também reproduz lógicas opressoras, uma vez que está inserido em um sistema opressor.

Normalmente, eu faço o levantamento de quantos livros li durante o ano só uma vez, em dezembro, mas esse ano resolvi fazer diferente. Aproveito que estamos no meio do ano para fazer esse levantamento e ver quantos livros li nesse primeiro semestre, para depois comparar com o quanto foi lido no segundo semestre.
Linkei todas as resenhas escritas, caso vocês queiram ler algumas delas.